Usamos Apenas 10% de Nosso Cérebro: Mito ou Verdade?

Cérebro: o que você sabe sobre ele?

A seguir você irá conferir o primeiro artigo da nossa série Cérebro: Mitos e Verdades, como o próprio nome diz, nela procuraremos derrubar alguns mitos propagados pela mídia e pessoas em geral sobre o cérebro. Neste primeiro post, investigaremos se realmente utilizamos apenas 10% de nosso cérebro.

Quanto utilizamos de nosso cérebro?

Não se sabe exatamente como surgiu o conceito de que o ser humano usa apenas 10% de seu cérebro. No entanto, algumas pessoas remetem essa ideia ao psicólogo americano William James ou até mesmo ao físico Albert Einstein, já que ambos sugeriram que o ser humano utiliza apenas parte de seu potencial cerebral.

Atualmente sabe-se que o ser humano utiliza todas as partes do cérebro, e que grande parte dele está ativa ao realizar uma tarefa simples, como andar, falar ou até mesmo dormir. Evidentemente, as pessoas não usam 100% de seu cérebro o tempo todo. Entretanto, ao efetuar uma tarefa, um conjunto de áreas cerebrais trabalha em sincronia para que aquela atividade seja concluída.

Estudos feitos com ressonância magnética mostram que, durante um período de 24 horas, o indivíduo usa praticamente 100% de seu cérebro. Se 90% do cérebro fosse inútil, grandes porções dele poderiam ser removidas sem ocasionar prejuízos significativos. Porém, pessoas que sofrem lesões cerebrais, como um AVC, manifestam sequelas bastante evidentes.

Plasticidade cerebral

O sistema nervoso tem uma habilidade incrível: a chamada plasticidade cerebral. Assim, conforme o tamanho da área lesionada, outras regiões do cérebro acabam se adaptando para suprir a falta da região afetada. Por essa razão, ao receberem estímulo adequado e tratamento de fisioterapia apropriados, muitas pessoas acometidas por um AVC acabam recuperando parte das funções perdidas.

Além disso, sempre que o cérebro é estimulado, ele pode criar novas conexões, permitindo o desenvolvimento de novas habilidades, como tocar um instrumento musical, falar outra língua ou praticar um esporte. Contudo, essas conexões são criadas em regiões cerebrais que já estavam sendo utilizadas anteriormente. Portanto, a ideia de que o ser humano usa apenas 10% de seu cérebro é um mito.

O que achou?

Gostou do artigo? E então, você também acreditou no filme Lucy e achou que utilizávamos apenas 10% de nosso cérebro?

No segundo post investigaremos se é realmente verdade que o ser humano tem 100 bilhões de neurônios.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido!